Galeria

A cara falta de apresentação de Propostas para a Educação

No artigo de hoje de Gustavo Cerbasi na Folha de São Paulo, “A cara falta de educação” o administrador e consultor financeiro relata uma experiência que teve na Suécia e compara com o Brasil.

Ao final do seu artigo diz que o nível de ensino do brasileiro é limitado e que deveriam ser feitos investimentos em educação em prol do desenvolvimento econômico do país.

Apesar de não ser algo novo Cerbasi incorre nos velhos e limitados erros.

Comparar o nível educacional do Brasil com outros países é importante porém alguns parâmetros são importantes como densidade demográfica e população absoluta.

Em diversas pequenas cidades brasileiras percebe-se uma melhor qualidade de vida, que necessariamente não significa uma renda maior que nos grandes centros, porém as necessidades básicas para um cidadão como Saúde, Educação, Segurança e alimentação estão asseguradas.

Um outro erro é de apresentar-se sempre os problemas na Educação, algo que muitos já sabem. Porém pouco se apresentam de propostas concretas e que possam ser viabilizadas.  Manter-se as críticas é ficar no lugar comum, é não inovar.

É manter-se em uma posição típica do personagem Macunaíma de Mario de Andrade. É comodo e interessante infelizmente para alguns.

Contribuições fundamentadas e objetivas na educação são válidas e necessárias. Porém apenas críticas? Elas não trazem melhorias ao processo educacional brasileiro .

Isso apenas acaba sendo uma pseudo contribuição, uma cara falta de educação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s