Um novo velho tempo… Será uma comemoração ao 50º?

A Instituição Escolar é um espaço democrático. Uma reconquista dura após anos de incertezas e gestões que endureceram regras sob alegação de temor de perda de poder. O empoderamento das Escolas com as novas medidas anunciadas pela Secretaria Municipal de Educação traz a luz o fracasso de como educadores e instituições tem lidado com casos de indisciplina.

Casos de sucesso existem porém a medida que busca-se implementar retoma a Escola que em 1993 se via tentada a ser substituída.

Retomar valores é importante. Porém é necessária sua ressignificação para os dias atuais sob a pena de estar negando o que muito se batalhou na chamada redemocratização. Fica ainda incoerente com todas as correntes educacionais que se defende na atualidade.

Fernando de Azevedo foi um combativo educador voltado a defesa da Escola Pública.

O Escolanovismo busca um envolvimento do aluno como um ser social ativo. Regras de exclusão não são o melhor caminho como se comprovou no final dos anos 80. Nem era  preconizado pelo Manifesto dos Pioneiros de 1932 e a luta pela Escola Pública de 1959 (feita por verdadeiros Educadores), ambos defendidos e redigidos por Fernando de Azevedo.

A busca pela inserção dos alunos nas Escolas buscada desde os anos 20 e intensificada no anos 1970 e 1980 com a construção de novas Escolas e ampliação das existentes apresentaram inúmeras falhas com unidades muito grandes e de difícil administração.

A redução dos turnos e ampliação do tempo de permanência do aluno na Escola é uma resposta para uma melhor gestão das Unidades e um outro olhar da Educação solicitado pela Sociedade.

Rever regimentos escolares é um momento democrático. No entanto regimentos escolares que primam pelo rigor das regras. Seria que Dewey e Fernando de Azevedo tinham esta concepção?

A reflexão que Rodrigo Merli nos traz em seu texto é importante para que entremos novamente na discussão de uma concepção de educação ativa e de fato democrática

Rodrigo Merli

Cinquenta anos se passaram quase desde a era “Medieval” brasileira.

Em meados de 1964 diziam que alunos não podiam ficar de bobeira pelas ruas batendo papo.

Depois vieram os tempos de novas políticas públicas.

Três Leis da Educação (LDB) foram criadas em nosso cenário.

Uma nestes anos 60, mais especificamente em 1961, e a segunda dez anos depois.

Após o abalo de abertura à democracia em 1988, com a Constituição Federal, ficamos ainda outros oito anos aguardando a famosa (hoje) LDB (Decreto nº 9394) só em 1996, graças a um doidinho descabelado chamado Darcy Ribeiro.

Tratavam nestas duas leis (CF e LDB) da democratização do Ensino: a sua Universalização.

O peso do chamariz “todos na escola” trouxe algumas necessidades para sua implementação, que pode ser olhado por dois prismas.

Um deles foi a criação de Ciclos, ao invés do sistema anterior, que era o seriado, ou o famoso “não sabe…

Ver o post original 1.106 mais palavras

Anúncios

2 Respostas para “Um novo velho tempo… Será uma comemoração ao 50º?

  1. celita sanches

    Professor boa noite!!Fazendo uma pesquisa e descobri vc… sou professora tbm em Goiânia -Go e estou precisando de informações sobre as Auxiliares tecnicos Educativos, que trabalham em creches. Que é o CEI .. E EMEI.. ai em São Paulo.Estamos equiparando os salarios das Auxiliares aki e estamos pegando modelos de outros Estados, ja temos do Rio de Janeiro e BH, precisaria de são Paulo.o que queremos é: se tem uma lei para elas? ou um plano de carreira? Como são renumeradas ? meu e-mai. celitasanches@hotmail.com. Faz contato para falarmos. Abçs

    • Prof Christian

      Celita, tudo bem?

      Em São Paulo o auxiliar técnico educativo tem a função de inspeção escolar e secretaria. Talvez o que seja semelhante é o que aqui chamamos de ADI Auxiliar de Desenvolvimento Infantil, cargo que não mais se faz concurso. Hoje quem ingressa na creche entra como Professora de Educação Infantil.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s